You are currently viewing As 20 diferenças entre Bypass e Sleeve

As 20 diferenças entre Bypass e Sleeve

Capacidade Gástrica:

Bypass – reduz a 10-20% (30 a 50 ml)

Sleeve – reduz a 30% (150 ml)

 

Desvio Intestinal:

Bypass – desvio intestinal pequeno (+/- 100cm)

Sleeve – não tem desvio intestinal

 

Perda de peso:

Bypass – perda de aproximadamente 80 a 100% do excesso em 2 anos

Sleeve – perda de aproximadamente 70 a 80 % do excesso de peso

 

Controverso, alguns estudos mostram perda de peso igual, porém mais duradoura com Bypass (após 5 anos)

 

Tecnica mais utilizada:

Bypass

 

Indicação de técnica de acordo com o comportamento alimentar antes da cirurgia:

Bypass – come pouco várias vezes no dia (beliscador)

Sleeve – come muito de uma só vez

 

Retirada da parte exclusa do estômago: 

Bypass – não

Sleeve – sim

 

Síndrome de Dumping:

Bypass – pode ocorrer após se alimentar de doces e carboidratos

Sleeve – raro

 

Mecanismos para perda de peso:

Bypass – 2: desvio do intestino e redução do estômago

Sleeve – 1: redução de estômago

 

Tratamento para reganho de peso:

Bypass – pode fazer aplicação de plasma de argônio

Sleeve – pode transformar em Bypass

 

Reposição de vitaminas:

Bypass – resto da vida

Sleeve – resto da vida (dose menor)

 

Ghrelina (hormônio da fome):

Bypass – diminuição do hormônio

Sleeve – diminuição do hormônio

 

PYY e GLP-1 (hormônios da saciedade e metabolismo da insulina (controle do diabetes):

Bypass – aumento do PYY e GLP-1 e metabolismo da insulina controlando o diabetes

Sleeve – não há

 

Alguns estudos apontam aumento destes hormônios também, porém como não há desvio intestinal este aumento é menor.

 

Refluxo:

Bypass – não piora o refluxo, geralmente melhora o refluxo

Sleeve – piora o refluxo

 

Hérnias internas: 

Bypass – chance de hérnia interna principalmente de Petersen

Sleeve – sem chance de hérnia de Petersen

 

Fístula:

Bypass – chance de fístula

Sleeve – chance de fístula (fístulas mais difíceis de serem tratadas)

 

Absorção de nutrientes:

Bypass – menor absorção de vitaminas (micronutrientes); com necessidade de reposição de vitaminas (tomar polivitamínicos)

Sleeve – menor absorção de vitaminas; com necessidade de reposição permanente (porém com dose mais baixa)

 

Reganho de peso:

Bypass – reganho de peso em 10 a 20 % dos pacientes após 5 anos

Sleeve – reganho de peso pode chegar a 40-60% dos pacientes em 5 anos

 

Possibilidade de reversão:

Bypass – sim

Sleeve – não

 

Resolução de comorbidades:

Bypass – 90 a 95%

Sleeve – indefinido

 

Técnica com mais estudos realizados:

Bypass

 

(Dr. Felipe Rossi CRM 142.064)

 

Este post tem um comentário

Deixe um comentário