You are currently viewing Como fica a auto estima e a imagem na Cirurgia Bariátrica?

Como fica a auto estima e a imagem na Cirurgia Bariátrica?

O paciente candidato a cirurgia bariátrica passa por várias fases antes da operação. Inicia-se pela indecisão, passando para apreensão e no final tem-se a expectativa da mudança da imagem. É importante oferecer informação e o cirurgião tem um papel fundamental nisso. Por mais que tenha uma equipe multidisciplinar trabalhando com o paciente, o cirurgião tem maior proximidade e precisa alertar sobre possíveis frustrações, como alterações no corpo (por exemplo o excesso de pele após a cirurgia), também sobre as mudanças positivas que irão acontecer e como fica a auto estima na Cirurgia Bariátrica.

Durante as consultas psicológicas, os profissionais buscam entender exatamente o que o paciente espera da operação. É perguntado de uma forma simples e completa afim de entender qual a imagem que o paciente tem do corpo e qual a expectativa que ele tem após a cirurgia. Agrega e traz segurança nesse processo ao paciente a informação e o respaldo de toda a equipe o apoiando em situações em que ele não se sinta bem e seguro podendo acolher o paciente se necessário. O foco no pré-operatório é o entendimento de que a obesidade é uma doença.

Vale sempre ressaltar que alguns pacientes não tem uma imagem corporal concreta antes da operação. Trata-se de uma imagem fantasiosa e o paciente entende melhor a obesidade quando ouve do especialista que precisa operar. A questão de reconhecer a obesidade como doença é muito cultural no nosso país. Infelizmente as pessoas ainda têm dificuldade para aceitar fazer uma cirurgia para Obesidade Mórbida.

Muitas vezes nem sempre a diferença apontada na balança é suficiente para a percepção de mudança do corpo após a operação. É um processo que envolve memória e outros aspectos cognitivos, que faz com que o paciente vá trabalhando no dia a dia. A balança não movimenta tanto então nem sempre é a melhor aliada, mas a roupa que vai ficando larga e conquistas relacionadas à disposição, dor e desconforto vão mostrando ao paciente que está melhorando a situação do próprio corpo.

Conforme vai ocorrendo a perda de peso o paciente que realizou a cirurgia bariátrica inicia um processo de expansão e maior contato social. Passa ser mais notado e a receber elogios pela sua visível perda de peso e nova “aparência”. O paciente desenvolve então uma atitude mais positiva, de maior auto confiança e auto estima na Cirurgia Bariátrica. Isso reflete em uma imagem corporal mais positiva de si mesmo, facilitando a melhoria de sua qualidade de vida como um todo. Tendo maior disposição física para muitas atividades como trabalho, mais contatos sociais e desenvolve mais confiança em suas atitudes.

 

Dr. Felipe Rossi CRM 142.064 / Psicóloga Ruth Fabbri Ramos Ascencio CRP 06/35836-7

Deixe uma resposta